Soluções para Empresas


Soluções personalizadas e praticas para a sua empresa.

Mantenha sua empresa livre de vetores/ pragas e animais sinantrópicos

Regularize-se

Uso obrigatório de telas milimétricas
AÇOUGUES
Portaria 2619 (pagina 07) - Telas de proteção
PADARIAS
(pagina: 07) - Telas de proteção
Controle integrado de pragas (pagina: 07)
Sanitários e vestiários funcionários (pagina: 08)
RESTAURANTES
Portaria 2619 (pagina: 07) – Telas de proteção
Sanitários e vestiários funcionários (pagina: 07)
Sanitários para o público (pagina: 07)
SUPERMERCADOS E HIPERMERCADO
Instalações e edificação (pagina: 09) - Telas de proteção
Sanitários e vestiários masculino e feminino (pagina: 10)
Controle integrado de pragas e vetores (pagina: 11)
Sanitários destinados ao público masculino e feminino (pagina: 11)
HOSPITAIS
Unidade Hemoterápica – Intra e Extra Hospitalar
Hemocentros, núcleos de hemoterapia, centrais de triagem laboratorial de doadores, unidades de coleta e de transfusão - (Pagina 52 – item 2)
Lavanderia Hospitalar – Intra e Extra - (Pagina 54)
HOTEIS
SinHoRes: Sindicato de hotéis, restaurantes, bares e similares de São Paulo
No - 1210 Ano: 2006 Secretaria: SMS PORTARIA 1210/06 – SMS (Item 20,9) - Telas de proteção
ESCOLAS/CRECHES
INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO INFANTIL
ROTEIRO DE INSPEÇÃO
Berçário (pagina 3) - Telas de proteção
PORTARIA Nº 321 DE 26 DE MAIO DE 1988
Esquadrias - Item 11 – Letra D - Telas de proteção
REGULAMENTO TÉCNICO DE BOAS PRÁTICAS NA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS
PORTARIA SMS-G n°1210 de 02 de agosto de 2006, publicada em DOC de 3/8/06 - pg. 23
EDIFICAÇÕES E INSTALAÇÕES -
Item 20.7 - Telas de proteção
Item 20.9 - Telas de proteção
Item 20.15 - Requisito VIII
Item 20.16 - Requisito V
Item 20.17
DEMAIS INDÚSTRIAS/DISTRIBUIDORAS DE ALIMENTOS
Produtos de origem vegetal, produtos de cereais, amidos, farinhas, farelos; aditivos, aromatizantes/aromas;
Chocolates e produtos de cacau; alimentos adicionados de nutrientes essenciais; Embalagens virgens e recicladas;
Enzimas e preparações enzimáticas;
Fabricação de gelo;
Balas, bombons e gomas de mascar;
Produtos proteicos de origem vegetal;
Óleos vegetais, gorduras vegetais e creme vegetal;
Açúcares e produtos para adoçar;
Produtos de vegetais;
Produtos de frutas e cogumelos comestíveis;
Mistura para o preparo de alimentos e alimentos prontos para o consumo;
Especiarias, temperos e molhos; café, chá, erva.
Protocolo das Ações de vigilância Sanitária (Página 24)

 

 

BIBLIOGRAFIAS

PROTOCOLO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA  – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Integral

BOA PRATICA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS
Clique para acessar  (Pagina: 7 item 2.4.9)

PORTARIA 2629 NA INTEGRA

Clique para acessar (Pagina: 7  item 2.4.9)

RESOLUÇÃO – RDC Nº 275, DE 21 DE OUTUBRO DE 2002

Clique para acessar  Item 1.7.2
Clique para acessar  Item 1.8.2

ANIMAIS SINANTRÓPICOS

Clique para acessar  Animais sinantrópicos são aqueles que se adaptaram a viver junto ao homem, a despeito da vontade deste.

Manual do Educador Clique para acessar

MANUAL DE ESTRUTURA FÍSICA DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE
SAÚDE DA FAMÍLIA – Série A. Normas e Manuais Técnicos.

Clique para acessar Características estruturais a serem observadas Pagina 42 – Item 07